“Todos nós somos profetas e devemos anunciar o Senhor. Nosso reinado é o reinado da cruz.

Padre Pitico começou a manhã de domingo nos apresentando o documento Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade – Sal na Terra e Luz no Mundo, elaborado no Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM) que acontece a cada 10 anos e denomina de formas diferentes os leigos ao longo dos anos. Em 1955, na sua primeira edição, leigos e leigas eram chamados Auxiliares do Clero. Após o Concílio Vaticano II, passamos a ouvir a denominação Movimentos Leigos e passamos a ser chamados cada vez mais a integrar esses movimentos.

Na edição de 1979, passamos a ser reconhecidos como agentes de pastoral, em serviço e foi nessa época que surgiram movimentos que se perpetuam até hoje, como o Cursilho e o TLC. Em 1992, ouvimos que “o Povo de Deus está constituído em sua maioria por fiéis leigos; é a chegada do tempo do Protagonismo dos Leigos. No documento de Aparecida então, em 2007, ouvimos pela primeira vez o chamado a sermos Discípulos Missionários.

“Todos nós somos profetas e devemos anunciar o Senhor. Nosso reinado é o reinado da cruz. Devo proclamá-lo Senhor, seguindo-o como discípulo e seguindo seu mandamento de amar uns aos outros. Sendo homens e mulheres do mundo, essa é a tarefa dos leigos: ser a ponte entre a Igreja de Deus e o mundo. ”

Quatro principais características do leigo são tratados ao longo da história da Igreja: sua Vocação, Identidade, Missão e Espiritualidade. Por meio de Encíclicas, documentos das conferências e catequeses, a Igreja vem nos mostrando que o papel do leigo vem se tornando cada vez mais profundo e importante para a missão da Igreja.

A Igreja tem um problema muito sério em assumir a sua dimensão social. E essa missão já nos foi exortada pelo papa Francisco quando disse: “Prefiro uma Igreja acidentada, ferida e enlameada por ter saído pelas estradas, a uma Igreja enferma pelo fechamento e a comodidade de se agarrar às próprias seguranças” .

Muitos são também as tentações da Missão hoje na Igreja Jesus nos ensina a ser sujeitos da nossa vida, sendo sujeitos da Igreja, que por possuir diversos carismas, movimentos e funções, se torna uma só, através da união. E a maior tarefa dos leigos e dos movimentos é iniciar as pessoas na vida cristã, já que segundo Padre Pitico, “a maioria de nós é apenas ‘sacramentalizado’ na vida cristã, mas não iniciado. ”

Há um chamado do cristão a servir no mundo utilizando dos seus ministérios e dons. A Igreja deve estar em saída e é através dos leigos e leigas que ela sai das igrejas físicas e vai ao encontro dos mais necessitados: discípulos realmente missionários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

levitra originale online italia viagra originale 25 mg viagra originale farmacia online viagra originale pfizer Viagra generico viagra generico italia online compra viagra generico Italia cialis originale prezzo in farmacia cialis originale consegna in 24 ore in Italia cialis originale online forum Cialis originale interagisce Levitra Originale Effetti levitra originale 10 mg levitra originale o generico cialis generico Italia cialis generico effetti collaterali cialis generico consegna rapida Levitra generico Effetti